OH! Posição despedaçada!

OPOSIÇÃO-DESPEDAÇADA

Vaca Tatá,
Bovina baiana

O.

.

h! Humanos! Oh, posição no espaço, no tempo e nas conveniências! Toda vez que prometo a mim mesma que não vou me meter mais nos arranca-rabos dos docentes da UFBA, eis que aparece uma coisinha para insuflar os meus dois neurônios e me fazer quebrar despudoradamente a promessa feita. De cá do meu pasto, ou melhor, da minha manga gentil e terna, tenho ouvido burburinhos, trazidos pela brisa da Primavera, acerca de uma movimentação a portas fechadas de uma possível oposição à diretoria da APUB, uma vez que nova eleição para a escolha da próxima diretoria da entidade se aproxima e se faz necessária.

Juro que pensei não haver mais oposição à diretoria da APUB com a eleição do novo reitor. A meu ver, o dirigente empossado seria o traço de união – o magnífico hífen! -, entre a resistência e a Apub proificista, mas  parece que me enganei… Pelo menos, quanto à forma, tudo indica que vai haver oposição. Se é com O maiúsculo, entretanto, são outros quinhentos.

Tem aí um porém. Ao que me consta e acompanho, o termo “Oposição APUB” surge, exatamente, pelo fato de alguns professores entenderem que o papel da entidade sindical estaria sendo desvirtuado a partir do acolhimento do Proifes por diretorias pretéritas da APUB, Proifes esse criado exatamente pelo governo Lula para contrapor-se ao ANDES-SN, que andou fazendo críticas ao governo.

A meu juízo, salvo melhor ruminância e conjuminância, o que caracteriza a oposição é exatamente o não alinhamento às determinações e imposições do governo, do MEC, da Reitoria. Desta forma, se a tal Oposição APUB que se organiza (às portas fechadas, segundo informações que chegaram até o meu pasto) abrigar docentes favoráveis à CUT governista, por definição, passa a ser situação, exatamente como a diretoria da APUB vem se comportando. E, nesse caso, cabem-se todos os ingredientes para a  composição de um “sindicato amarelo” de celebração. Como consequência, perde totalmente o sentido de expressar-se por “Oposição APUB”. O correto seria manifestar-se como “OH! POSIÇÃO APUB: Sentido! Marche! Um, dois! Um, dois!”

Além de ser mais honesto, se assim for possível, seria muito mais coerente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: