Saci acerta Pedro Abib

.

Saci acerta Pedrão.

g.

abou-se o Prof. Pedro Abib (Pedrão) dia desses: “Esse cabrunquinho é mesmo uma peste ! Depois que o dia dele foi instituído no lugar do Raluin, deu de querer botar as manguinhas de fora e se exibir até em roda de capoeira ? Cuidado com o rabo de arraia coisaruinzinha !!!”

Pra que! Cruzes! Um paulista de Mogi querer cartar em cima de um baiano nascido e criado na roda de capoeira! Injuriado, o Saci aplicou-lhe um “arpão” e PUF! Tava lá um corpo estendido no chão. Minutos depois, com peninha, o debochado comprou-lhe um livro de sua autoria sobre “Conversa de Capoeira”, que por sinal, está gostando muito…

Aturdido com o golpe que lhe desferiu o pestinha, o Prof Pedro Abib explodiu:

–  Esse cabrunquinho não perde por esperar, vou chamar meu camaradinho macunaíma, que é nigrinho retinto como ele, pra tomar minhas dores, aí quero ver quem é que tem mais pernas !!!

Meio envergonhado, reconhecendo que não é páreo para o Saci, o professor, escritor e cineasta Pedro Abib admitiu que é muito mais fácil escrever sobre capoeira do que praticá-la, que é coisa apenas para bambas como Mestre Pastinha, Mestre João Pequeno, Mestre Bimba e o próprio Mestre Saci, após autografar-lhe um livro.
.
Pedro autografa.
Mas Pedrão não desiste:
Eu estou me preparando pra essa próxima vez, coisaruinzinha, mas fique atento que agora a coisa vai ser braba, vou estar acompanhado da minha nafe, e se num sabe o que é isso, vai ver lá no livro que explica !!!
————————-
.
ENQUANTO ISSO
Pedrão e Andrade.
O.
.
.
poeta da Pauliceia Desvairada acabou frustrando o sonho do grande sambista Pedro Abib Pedrão. Muito gentilmente, declinou de emprestar sua personagem Macunaíma para o que ele chamou de “briga de compadres”. Mais insistente do que persistente, Pedro Abib Pedrão garantiu que não vai desistir assim tão fácil… Enquanto isso, o Saci vai fazendo propagando do livro do acadêmico Pedro Abib sobre as histórias da capoeira. Segundo o pestinha, nenhum baiano pode ficar sem ler o livro de Pedrão, que não é lá essas coisas das pernas, mas é bamba nas palavras!
.

.
O Saci tem o coração mole que nem manteiga… Depois de ler o chororô do grande Pedro Abib Pedrão, resolveu realizar o seu sonho – no plano gráfico, claro! – pois no vamos ver nas trocas de pernadas, o querido Pedrão ainda tem muito que aprender… E tem que ser rápido enquanto o reumatismo não o vença! Rss
pernadas de pedro
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: