UFBA: Salles ultrapassa Pretto

.

salles-pretto.

Menandro Ramos
FACED/UFBA

D (2).

.

e acordo com o jargão – nada acadêmico! -, sacizesco, a eleição para reitor da UFBA está “pau a pau”. O reitorável Prof. Nelson Pretto, durante dias,  esteve à frente do reitorável Prof. João Salles na nossa enquete digital. Discretamente, agora, o Prof. Salles toma a dianteira. Somados os votos dos demais reitoráveis, qualquer um dos que ocupa as duas posições de liderança da pesquisa levará o caneco, ou melhor, sentará na cadeira que Edgar Santos sentou nos primórdios da Universidade Federal da Bahia.

Temos consciência do quão modesta é a ferramenta utilizada por este Blog. Não sabemos sequer o percentual de participação de cada categoria. Porventura houve o voto dos servidores técnico-administrativos? Estudantes votaram mais que docentes, ou foi o contrário? São muitas as variáveis envolvidas e, nesse caso, deixadas de lado por limitação técnica.

Um dia, aprendi com o saudoso Lourival Ferreira dos Santos, meu ex-sogro, que era fácil saber o percentual de grãos contidos num saco de feijão, e que se tornariam próprios para o plantio. E que essa era uma das preocupações maiores das Unidades de Beneficiamento de Sementes (UBS). Com uma peça metálica pontiaguda e em forma de calha, ou seja, um “calcador”, colhiam-se algumas amostras em diferentes posições do saco. Com uma grande margem de acerto, após submeter os grãos a exames tecnicamente confiáveis, sabia-se quem era quem. Distinguia-se, assim, o grão que podia ser plantado, que podia ser consumido como alimento, ou que era apenas refugo, talvez destinado aos porcos.

Só que humanos não são feijões. E, assim, outros procedimentos deveras mais complexos são necessários para que sejam detectadas as inclinações do eleitor…

De qualquer forma, vamos guardar os gráficos produzidos automaticamente por este Blog, como uma das suas interessantes funcionalidades, e comparar, posteriormente, com o resultado que será apresentado após a apuração das urnas pela Comissão Eleitoral, cuja data para encaminhá-lo ao Consuni é 27 de maio. Quem sabe servirá para alguma coisa, além de verificar uma pálida tendência…

Oficialmente, só se saberá dos verdadeiro candidatos depois das 18h do dia 11 de abril, sexta-feira, data limite para as inscrições. Até agora, os nomes apresentados neste Blog só são oficiosos. Embora nenhum dos cogitados tenha feito qualquer reclamação por ter seu nome aqui divulgado. Só tardiamente fiquei sabendo que o nome completo de um dos reitoráveis que  participarão do debate de hoje, em Arquitetura, é Marco Antônio Nogueira Fernandes, a quem peço desculpas por não ter divulgado o sobrenome.

No fundo, bem no fundo, talvez o que o eleitor queira saber mesmo é quem representa a continuidade do núcleo de poder fundado pelo ex-reitor Prof. Naomar Almeida Filho – governista de carteirinha –  e quem poderá constituir-se como oposição de fato. Para o bem ou para o mal.

Sabe-se, ou imagina-se que o partido do governo e os coligados do PCdoB, hegemônicos na UFBA, vão jogar pesado para não perder a tal hegemonia. Cogita-se que o eleitor baiano, por vingança, tripudiará do candidato que seria a continuidade petista no Palácio de Ondina. Fala-se que ACM Nato subiu ao Palácio Tomé de Souza menos por vontade do eleitor de ressuscitar o carlismo do que por retaliação às ações do executivo estadual. Para quem tem memória curta, lembro que a greve da Polícia baiana nas proximidade do Carnaval de 2012 e a intransigência armada do governador Jaques Wagner deixou um péssimo legado para o partido do governo. Da mesma forma, continua tensa a quebra de braço de Jaques Wagner com os demais servidores públicos – do judiciário, da educação, da saúde, só para citar alguns dos segmentos ciosos por dar um belo troco ao barba branca na curva de outubro próximo… Aqui, prefiro nem falar sobre a decepção do eleitor com o mensalão e outros escândalos patrocinados por ícones políticos ligados à outrora estrela da esperança…

Do mesmo modo que o partido do governo vai fazer o possível e o impossível para não dar adeus às benesses que o Palácio de Ondina oferece, certamente, montará a mesma operação de guerra para não perder o apoio dos dirigentes da mais importante universidade do Estado da Bahia. E é aí que o bicho vai pegar, nas palavras piedosas do meu amigo de gorro vermelho e pito.

Anos atrás, o ex-reitor governista Naomar de Almeida Filho faturou nos três segmentos da UFBA. Há quem diga que, apesar de o dito cujo ser reitor pro-tempore da Universidade Federal do Sul da Bahia, o núcleo ligado a ele continua dando as cartas na UFBA. Se tal especulação proceder, é bem provável que a máquina do governo continuará religiosamente azeitada para não perder essa suculenta fatia do poder acadêmico. E, nesse caso, há quem diga que os potentes cavalos-de-força do trator chapa-branca já foram acionados par esmagar impiedosamente quem tentar se colocar no caminho do pleiteante oficial à magnificência. Ou “mignificência”, segundo controvérsias levantadas.

Dessa forma, se os reitoráveis divulgados pela boca de Matilde conseguiram, a tempo, perscrutar o horizonte eleitoral pouco favorável a qualquer candidato que se identifique com o paradigma da insurgência, não é surpresa que declinem, no último minuto, de fazer a tão esperada inscrição.

E que a UFBA se resigne à sua pouca sorte. Até que algum incorrigível menestrel da Esperança esbraveje que sequer o primeiro tempo da partida começou!

Quem sabe não se perceba, então, que a História nunca acaba…

Anúncios

6 Respostas to “UFBA: Salles ultrapassa Pretto”

  1. Maria Says:

    Concordo.A História nunca acaba.ainda temos tempo para a manga.

  2. Maria Augusta Freitas Says:

    O casamento de Naomar com as diretorias governistas da APUB foi perfeito para o robustecimento do conservadorismo travestido de esquerda. A aprovação da EBSERH recentemente é reflexo disso. A enfiada na goela da UFBA do Reuni sem maiores discussões e a aprovação do tal Marco Legal da UFBA, sem uma Estatuinte, e o silêncio subserviente das três categorias, podem ser remetidos para a conta do mmágico Naomar, que agora tira coelhos da cartola da recém criada Universidade do Sul baiano, o mais novo kit laboratorial do ex-reitor da UFBA. De lá ele continua manipulando as cordinhas…

  3. osaciperere Says:

    Quem quiser votar ainda o endereço é:

    https://osaciperere.wordpress.com/eleicao-para-reitor-da-ufba-2014/

  4. Matias Duran Says:

    É bom considerar tmb que se os governistas tem a máquinas, tem também os computadores em grande quantidade para votar e induzir o público a votar em quem está na frente e não “perder” o voto… Esses caras são tinhosos!!

  5. Bazzin Says:

    Acho que exageram em relação a um possível prestígio de Naomar. Talvez exista só na Bahia. Se ele fosse essa coisa toda que falam, teria sido indicado a ministro da educação. Lá fora, fazem até uma piada: que ele teria perdido a presidência da Andifes, concorrendo como uma entidade espiritual.

    Quem visitar a página da Andifes vai encontrar a informação a informação verdadeira sem o sarro tirado com o ex reitor da Ufba:

    “A Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) elegeu nova diretoria no último dia 28 de maio, na LXXIXª reunião ordinária do Conselho Pleno, realizada na sede da Associação, em Brasília. O presidente eleito é o reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT) Alan Kardec Martins Barbiero. A primeira vice-presidente é a reitora Ana Dayse Rezende Dorea, tendo como suplente o reitor da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) Damião Duque de Farias, e o segundo vice-presidente é o diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) Flávio Antônio dos Santos, sendo o reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) Álvaro Prata o suplente.

    Os candidatos à presidência foram os reitores Alan Barbiero (UFT), João Carlos Brahm Cousin, da Universidade Federal do Rio Grande (Furg) e Naomar Almeida Filho, da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Do total de 56 votos, 32 foram para o reitor Alan Barbiero, 15 para o reitor Naomar Almeida e oito para o reitor João Cousin.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: