– Uma Chapa de Verdade para a APUB

.

MANIFESTO POR UMA PLENÁRIA PARA DEBATER UMA CHAPA PROGRAMÁTICA E DE LUTA PARA A APUB/UFBA

Carta aberta aos Professores, correntes e partidos de esquerda, militantes e ativistas da UFBA

A educação pública em nosso país, e, especialmente, o ensino superior, tem sofrido profundos ataques dos governos, em todos os níveis. O aprofundamento da crise mundial do capitalismo e a necessidade de proteger os interesses do grande capital têm levado os governos a ampliar o processo de mercantilização do ensino, a incentivar os investimentos privados no campo da educação, tanto de empresários nacionais quanto pelo capital financeiro internacional no Brasil, a cortar verbas do orçamento público federal para a educação e universidades, tornando cada vez mais insustentáveis as condições de estudo e trabalho de professores, estudantes e servidores técnico-administrativos.

A burocracia sindical divide o movimento, se transforma numa correia de transmissão da política governista nas organizações dos trabalhadores e docentes. Vivenciamos esta situação na última greve, quando o PROIFES e a atual direção proifiana da APUB/UFBA fizeram de tudo para barrar a greve nacional e local. Não conseguindo, tentaram decretar o fim da greve. Além disso, menosprezaram as decisões das ASSEMBLEIAS de docentes e judicializaram a direção do movimento grevista. Em resposta, a base reagiu com assembleias massivas, aprovando a destituição da diretoria. Ao final da greve foi constituída uma Comissão de Mobilização para prosseguir na luta com uma intensa pauta de reivindicações locais.

Convidamos todos os professores, correntes e partidos de esquerda, militantes e independentes da UFBA para participar de uma plenária para construção de uma CHAPA combativa e de luta, que se assente numa discussão democrática, programática e que expresse todo o acúmulo da luta travada antes, durante e depois da greve. Tomamos essa iniciativa, uma vez frustrada a tentativa de constituição de uma chapa unitária com os companheiros do PSTU e alguns independentes, que, infelizmente, impuseram critérios antidemocráticos e excludentes, fora da realidade do movimento sindical e da necessidade de combatividade e de luta.

Queremos uma chapa democrática e de luta que reúna e expresse toda a militância combativa da greve. COLOCAMOS-NOS DESDE O PRINCÍPIO POR CRITÉRIOS DEMOCRÁTICOS E OBJETIVOS COMO: CONSTRUÇÃO DE UMA CHAPA COMBATIVA E DE LUTA, DEFESA DA DEMOCRACIA SINDICAL E DA INDEPENDÊNCIA DE CLASSE FRENTE AOS PARTIDOS BURGUESES E AO GOVERNO, CONTRA A POLÍTICA PRIVATISTA DO GOVERNO FEDERAL, EM DEFESA DA UNIVERSIDADE PÚBLICA, PELA UNIDADE NA LUTA ENTRE OS TRÊS SEGMENTOS E RESPEITO À ASSEMBLEIA DE BASE.

Sandra M. M. Siqueira

Professora da FACED/UFBA,
militante do Partido Operário Revolucionário/POR

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: